Chuva



A chuva cai, salgada e calma,
E leva junto as magoas e impurezas da alma.
Chuva, chuvisco, chuvarada
Cai e vai embora, deixando a alma lavada.

Molha o coração e arrasta as tristezas
Com ela pelo chão.
A alma fica leve, o coração fica quente,
Pronto, pra mais uma paixão inocente.

Faça sol ou faça frio,
A chuva vai sendo arrastada pelo rio...

E o rio arrasta com ele as lembranças
Que um dia nos fez sofrer,
Deixando nossa mente em segurança
Para a partir de hoje, não mais erros cometer.

10 comentários:

  1. Eu gosto de tomar banho de chuva, parece mesmo que ela leva as impurezas da alma.

    ResponderExcluir
  2. Que lindo! Você brinca com as palavras de uma forma linda! :)
    -
    http://bit.ly/98H41W

    ResponderExcluir
  3. ADOOOOOOOREI o poema, mtoo lindo !
    Parabéns escreve beem *--*
    Seguiindo, beiijoos



    http://sentimentosepensamentos-liviasuassuna.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Tem chuvas que surgem apenas para lavarem alama...
    Belos versos!

    ;D

    ResponderExcluir
  5. Obg pelo comentário... Estou te seguindo, segue ai também...
    Mantendo contato sempre ... ;D

    ResponderExcluir
  6. Tão moleco - Até eu que odeio a chuva adorei o texto *_*

    ResponderExcluir
  7. Adorei o poema muito criativa você ! Se puder entra : http://passe-encia.blogspot.com/
    Paciência comigo, ok ? É difícil, mas depois se acostuma ! Beijos, Ana

    ResponderExcluir
  8. Muito bom o post!
    -
    http://lollyoliver.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Comente! :D Mas leia antes de comentar!