Conto - Bom dia, hora de acordar. Parte 2




 Kátia entrou batendo a porta, e foi para seu quarto. Ligou para mais duas amigas que sabia que tinha um carro BOM para ver se estavam disponíveis, mais ambas já tinham compromisso.
- filha, você ia sair? – sua mãe entrou no quarto sem Kátia perceber
- não vou mais.
- Paulo deixou isso para você. – sua mãe segurava um cartão em uma mão, e na outra um ramo pequeno de rosas vermelhas.
- joga no lixo.
- poxa filha, por quê? São lindas! Não quer ler o bilhete?
- não ouviu? Jogue no lixo! – sua mãe se dirigiu até o banheiro do quarto da filha e tacou ambas as cosias na lata de lixo, logo depois, saiu do quarto.
Kátia não conteve a curiosidade e tirou o bilhete do lixo logo em seguida.

Ká, meu anjo.
Ainda gosto muito de você, e espero que tenha ficado bem.
Saiba que sempre estarei aqui, agora como amigo.
Desculpe se a magoei.
Com Carinho, Paulo.

Acabando de ler, ela tornou a jogar o cartão no lixo.
O dia seguinte seria seu aniversario, e ela decidiu que não iria ficar em casa sem fazer nada, iria mostrar para Paulo que pouco se importava com a separação dos dois, ligou para as amigas e combinou de encontrar todas em uma balada que tinha visto o anuncio na internet.  Chegado o dia, ela acordou e sua mãe não estava em casa, mas havia um pequeno bolo na mesa, e um bilhete de feliz aniversario ao lado, dizendo também que sua mãe não iria demorar a voltar. Se arrumou, pegou o cartão de crédito da sua mãe e foi para o salão, cortou, pintou e alisou o cabelo. Fez as sobrancelhas e duas horas de massagem. Pagou pela limpeza de pele, pela maquiagem, pelas unhas do pé e da mão. Saiu de lá um arraso. Na volta de casa avistou um vestido lilás na vitrine de uma loja e resolveu entrar, saiu de lá com três sacolas.
Passou em casa para deixar as compras, e encontrou sua mãe cochilando no sofá. Guardou seu cartão de crédito e subiu par apegar o endereço da balada. Como suas amigas tinham resolvido ir todas juntas de metrô, ela resolveu ir de táxi. -Não suportava transporte público. - Chamou um taxi por telefone, e quando ele chegou, ela saiu.


“Mãe, fui curtir meu aniversario. Legal o bolo.”  Kátia deixou escrito em um bilhete que colocou em cima do bolo intacto que sua mãe havia comprado para ela. O táxi a deixou em uma rua desconhecida, porém conferia com o endereço que segurava nas mãos, era um rua um pouco escura e de pouco movimento. Havia mendigos ocupando metade do espaço da calçada. Chegando na casa que o papel indicava, percebeu que ele endereço não conferia com o lugar que ela estava querendo chegar. Ela havia pegado o endereço errado.

minha autoria

10 comentários:

  1. Caramba, insensata Katia jogou tudo no lixo? Nossa, muita inconveniencia da mãe dela obedecer e jgoar tudo no lixo.

    Estou seguindo, se puder me seguir também ficaremos Kits :D
    http://salameiros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Muito legal.. bem tocante, adorei o blog vlh
    ja to seguindo
    segui o meu?
    rpcnews.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. So dei uma passadinha e voltarei para ler com mais tempo...Amo fadas me apaixonei pelo seu layout!

    ResponderExcluir
  4. nossa a cada capitulo melhor, que venha a parte 3.
    http://4lettere.blogspot.com/
    1# em breve, dicas para o inverno.
    2# promoções
    3# msn: canaldireto@live.com
    passe lá gata.

    ResponderExcluir
  5. Contos muito longos ficam meio cansativos...cuidado para não virar novela.

    http://juventudeinformada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Só dei uma passada e prometo que volto para ler com mais calma. Seguindo aqui.

    ResponderExcluir
  7. Uma pessoa disse que tá longo, não achei longo, mas é um pouco cansativo, não há uma coisa que prenda o leitor a leitura. O povo brasileiro anda cada vez mais preguiçoso em ler e em escrever, agora entendo porque o twitter faz tanto sucesso.

    ResponderExcluir
  8. Aah, primeira vez que visito o seu blog e já gostei *-* Tô louca pra ler a continuação [a] Beijos.

    http://primeirapessoa-dosingular.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Comente! :D Mas leia antes de comentar!