Arranha céu

Arranha céus...
Céu sem pássaros, de noite sem estrelas,
aquelas estrelas que só se vêem em campos floridos,
campos floridos, há se aqui tivesse!

Aqui flores só as vejo em vasos, vasos que não as merece. 
Horizonte de concreto onde nem dá pra ver o mar, 
fumaças pretas subindo, onde não dá pra respirar. 
O verde aparece às vezes, mas aparece nas paredes.
E me pergunto: o que fizeram com o tanto de verde que tinha?
E reparo que a fumaça vem de onde o verde vinha.
Entendi porque não tem passarinho voando alto no céu 
porque eles estão presos em gaiolas,
gaiolas que vieram do mesmo lugar que o papel,
do mesmo lugar que a fumaça,
do mesmo lugar que o antigo verde,
que agora virou cinza sem graça.

Aqui só encontro fogo e destruição,
muita inumanidade e rosas no chão,
animais morrendo por falta de um lar,
peixes boiando por causa de lixo no mar.
Esses arranha céus, há como são belos,
belos para os olhos de quem vê beleza
em algo que tampa o brilho da natureza.





Minha autoria

11 comentários:

  1. Muito lindo, moça... :)
    Amei teu blog, parabéns!

    ResponderExcluir
  2. O que a selva de pedra tem além do cinza?

    ResponderExcluir
  3. Adorei a ideia do poema e dos fatos que ele retrata, surpreendeu-me mais o final. Foi bom terminar minha noite lendo esse poema, realmente muito bom e nas palavras certas.
    Também tenho um blog que retrata sentimentos, sensações ficaria feliz em receber sua visita. Irei segui-la, a aguardo em meu blog!

    Uma boa noite e sucesso!
    Abraço! ^^

    ResponderExcluir
  4. Oi, já estou te seguindo.
    Será que posso te esperar no meu?
    http://expectativasreais.blogspot.com.br/
    :*

    ResponderExcluir
  5. Muito lindo. Belo texto. Você escreve muito bem.
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Muito legal.
    Um alerta em defesa a natureza em forma de poesia.
    É a segunda vez que comento um post teu hoje.
    To virando fã hein?

    Histórias, estórias e outras polêmicas
    http://cchamun.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pelo blog e por suas postagens, com um teor muito inteligente e conciso.


    E gostaria da sua visita e presença em meu Humilde blog:
    http://jonathanejonathan.blogspot.com.br/

    Abraços

    Caio

    ResponderExcluir
  8. Olá, boa tarde :) Dizer e saber que talvez você já nem se lembre mais de mim eu diria que tornou-se algo até aceitável... Eu reconheço que sumi, e erradamente por sinal. Eu devia ter vindo aqui me explicar ou ter feito uma postagem exclusiva informando o motivo, já que no post inaugural do “Essência da Palavra” eu havia dito que falaria quando resolvesse dar “CLOSED” ao blog. Contudo, ele nem eu morremos... (risos) Estive mega atarefado com os estudos e, quando já não mais estava, meu computador deu problema, quando enfim concertou, a assinatura de internet foi cancelada e com isso tive que me manter distante. Agora tudo parece estar em ordem e espero que a amizade continue, estarei mais presente agora (ou tentarei, talvez!) e com uma frequência de postagem fixa. Já trago novidades, te aguardo no meu cantinho. Um forte abraço e deixo meu muito obrigado!

    ResponderExcluir
  9. Olá, Bianca!

    Passei a procura de novidades, é uma pena que não as tenha. Mas como você vai? Um abraço!

    ResponderExcluir

Comente! :D Mas leia antes de comentar!