Meia noite ainda é dia


Não olhe o relógio, deixe o tempo passar
Pra que tenta preocupação se podemos aproveitar
Sinta o vento da manhã, da tarde e do escurecer
Meio noite ainda é dia, não demore pra entender
Quebre esse vidro que carrega no braço
E deixa a sintonia do entardecer lhe dar um abraço
Não escute os tic tacs dos apressados
Vamos ir com calma, como namorados.
A noite só começou, oh meu amor.
No outro dia juro que vou pra onde você for
Mas agora fique aqui sem medo de viver
Sei que a noite é fria, mas vale a pena ver.
Ver as estrelas que pedem atenção
E o luar que brilha sem razão
Como seria se soubéssemos assim brilhar?
Nada no mundo poderia nos afetar.
Nem o relógio com o seu tempo, 
Nem o mundo com seus moinhos de vento.
Não é tão bonito ver as luzes apagadas?
Não se arrependa de ficar, não se arrependa de nada.
As horas só sabem enganar, o tempo, nos sacanear.
Então, desligue tudo que possa nos atrasar (de viver)
Desligue tudo, e se for possível, se desligue também de você.

Minha autoria

Um comentário:

  1. Ai que texto lindo 8---*

    Ainda acho que se você pudesse postar lá no blog,iria ser sucesso...

    Beijos e se cuida

    Rimas Do Preto
    @RimasDoPreto

    ResponderExcluir

Comente! :D Mas leia antes de comentar!